Páginas

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Enfim feliz.

  Eu estou aqui, preciso que você me note, não sirvo apenas para satisfazer teus desejos sexuais. Eu tenho sentimentos, tenho saudades, vontades e sonhos. É chato ser lembrada apenas como um corpo bonito, uma coisa louca na cama, sempre vem um "Oi está fazendo algo?" Sei que vou acabar em um quarto de motel, a hora do prazer é a única que me faz esquecer de tudo, mas o pós, ah o pós... Eu acabo por me sentir um nada, indigente, uma pessoa sem nenhum conteúdo e/ou valor, apenas um corpo pra sexo, virar para o lado e querer dormir logo e por muitas vezes se drogar para ver o tempo passar e chegar logo a hora de ir embora, mais uma vez um vazio invade, uma vontade de sumir, de esquecer de tudo, imaginar que todos os homens que aparecerão na minha vida serão exatamente assim, irão me olhar do mesmo jeito, querer apenas o meu corpo e ouvir meus gemidos. Mas sabe de uma coisa? Eu sou mais que isso, eu sou sentimento, eu sou carinho, sou lembrança, sou andar no parque, sou dar risada, sou sair para jantar, sou alegria. A partir de hoje não lembre mais de mim, não pense mais nas nossas noites de prazer, não lembra da mulher sexual, a mulher que realiza tuas fantasias e está disposta para te satisfazer a qualquer momento. Eu estou livre, estou bem e finalmente me amando, me admirando, sendo a mulher alegre e me sentindo novamente com valor, com energia, sem medo do que está por vir, enfim, estou me fazendo feliz!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário